Top Cocô na Cuia – 10 Batalhas contra Chefes mais Épicas de todos os tempos!

É isso aí, galerinha do surfe! O post de ontem sobre a total e completa ausência de “chefões” no jogo me inspirou a fazer um novo post para relembrar quais foram as batalhas mais épicas de todos os tempos na história dos vídeo-games! (tá, talvez eu esteja exagerando um pouquinho…). Vamos à elas? (pras putinhas do Kratos de plantão, nesse top tem até God of War! =D)
10. Singularity – Lagosta / Louva-a-Deus Gigante

Singularity é um jogo injustiçado. Além de ser um FPS bem sólido e divertido, foi massacrado pela crítica. E ele nos presenteou com uma das lutas finais mais épicas dos últimos tempos: a luta contra a lagosta gigante em cima do trem!

9. Chrono Trigger – Lavos


Chrono Trigger foi um jogo foda, e já figurou como primeiro lugar no top CnC best games ever. E não é à toa que um jogo desses mereça um chefe à altura. Lavos é a semente do Mal que foi plantanda na Terra desde a era pré-histórica e ficou se alimentando dos nutrientes do planeta, até que pudesse emergir no ano de 1999 DC (e não 2012). Tipo um Galactus que come de dentro pra fora. E na batalha contra o mostrengo, a bola espinhuda é só uma casca. Depois você entra dentro do bichão onde ele revela sua verdadeira forma. E na batalha final você luta com ele sendo transportado pros vários períodos cronológicos que você já visitou. Quer coisa mais épica que isso? Ah, ele também acho que foi um dos únicos vilões de jogo que conseguiu matar o protagonista. Isso mesmo, lá pelas tantas ele MATA o protagonista! Awesome! Nao tinha como ficar de fora da lista!

8. Mass Effect 2 – Human-Reaper Larva

Entao, ja imaginou um Exterminador do Futuro do tamanho de um predio? Entao. E olha que isso era so uma larva, imagina o tamanho do adulto! E que venha Mass Effect 3!

7.  God of War – Hydra 

Ta bom, suas tanguinhas gregas! Dessa vez voces venceram! Nao tinha como falar de batalhas epicas sem falar na luta de Kratos contra a Hydra no primeiro God of War. Particularmente, nunca gostei muito de GoW, nao pelo jogo ser ruim, mas por ele ter lancado a moda de jogos “massaveio” que burrificou o mundo dos games com linearidade e QTEs excessivos so para deixar os jogos mais “radicais” e consequentemente, com menos conteudo. Mas em se tratando de batalhas epicas, nao nego que GoW sempre foi referencia!

6. Shadow of the Colossus – Last Colossus

Lembra desse jogo do Play 2 que voce lutava contra uns monstraos gigantes? Entao, no final voce lutava contra um monstrao ainda mais maior de grande! Yay!!! =D Ah, o Castlevania: Lords of Shadow copiou esse chefe na caruda ne?

5. Final Fantasy VI – Kefka



Kefka e um vilao interessante. Primeiro porque ele nao tinha nenhum tipo de motivacao. Nao mataram a mamae dele, maltrataram na infancia, davam cuecao na escola, nada disso. Ele era mal porque era mal. Tal qual o Coringa do Batema ele era o psicopata legitimo. Segundo, porque esse porra conseguiu o que todos os viloes tentam ate hoje: DESTRUIR O MUNDO. Sim, ele conseguiu os poderes de Deus e arreganhou o planeta e remodelou ao seu bel prazer. E a luta final contra ele e igualmente insana. Voce vai lutando contra uma torre de bizarrices (inclusive tem gente se comendo ali no meio, se voce reparar), quando enfim voce chegava no chefao, agora na forma de um anjao demoniaco. Sephiroth de cu eh rola mermao, aquele emo so sabia chorar pela mamae. Kefka eh, ate aqui, o vilao definitivo da franquia Final Fantasy!

4. Serious Sam I / II – Ugh Zan III / Mental Institution

Huahuahuahauhauhauha! Esse dispensa comentarios. Serious Sam e um jogo exagerado do comeco ao fim, e seus chefes finais nao poderiam ser diferentes. O primeiro e um monstrengo gigante que fica tentando pisar em voce. Ja no segundo jogo, voce tenta alcancar uma piramide, onde dizem que esta o chefe final, so para descobrir que na verdade a PIRAMIDE inteira eh o chefe! Genial hein?

3. Digimon World 3 – Galacticmon

“Po, a lista tava indo tao bem, como assim um jogo de boiola assim na terceira posicao?”. Calma, eu explico. Ta, eu confesso, eu assistia Digimon e jogava os joguinhos no meu Preisteichon 1. O primeiro e o segundo foram duas pilhas fumegantes de merda, ja o terceiro Digimon World foi um jogo – pasmem – muito bom! Perdi umas 80 horas nele, sem brincadeira, e ele me brindou com uma das batalhas mais epicas de todos os tempos. Na luta final o inimigo (que nao lembro o nome) se fundia com um satelite espacial para virar Galacticmon, e voce lutava contra ele orbitando a Terra. Nao bastasse isso, o bicho teria quase DOIS QUILOMETROS de comprimento (fonte: Encydia), ta era 1,75 km, mas whatever! O que voce via na tela para lutar era um pedaco da cabeca do bicho e parte de uma garra. Se isso nao e epico, nao sei o que e!

2. Ninja Blade – Kanbe Ogawa
Voce pode ate dizer “Porra, mas esse chefe e copia da luta contra Zeus no GoW II!”. Pode ate ser, mas antes de voce efetivamente lutar contra ele, o melee attack basico dele e tacar predios contra voce! PREDIOS! E no final ainda tem uma apoteotica batalha contra seu pai na consciencia do bichao! Muito bom!  Medalha de prata pelo Melee Attack (eu ja falei que tem uma hora que ele taca uma ilha de predios em cima de voce? hehehehehe!)

1. Bayonetta – Jubileus

Nao tem jeito. Nao e porque e um jogo novo, nao e porque esta fresquinho na memoria, mas Jubileus foi uma das batalhas contra chefe mais empolgantes e mais epicas ever! Imagina uma mistura do terceiro e segundo colocados supracitados. Primeiro que o chefe nao e ninguem mais ninguem menos que o Todo-Poderoso (ou no caso poderosa), aqui chamada de Jubileus. Segundo, voce sai acelerando em direção à estratosfera, e como Galacticmon, você enfrenta Jubileus orbitando a Terra. E no final, você tem que jogar o bichão no SOL! É, não tem como ficar muito mais épico que isso! Palmas para nosso grande campeão da noite!

Pra fechar, fique com a pole dance da Bayonetta, a mulher das perna fina e da bunda grande (como diria a Norma)

E não percam, muito em breve, as 10 PIORES lutas contra chefões EVER! YAY!