Review – Mortal Kombat

Dá-le saguizada! Hoje pelo jeito é o dia oficial do… MORTAL KOMBAT! tu tu tu tu tu tu tu!
Depois de ficar duas horas pendurado no Shao Kahn final do modo história, finalmente consegui zerar – à duras custas, diga-se de passagem.
Mortal Kombat Screenshot
E estou embasbacado até agora. Sério, esse jogo agora está no meu topo do ranking de games de luta definitivos. Achava que seria meio impossível superar o Street IV e o Marvel vs. Capcom 3, mas vejo que me enganei.
Mortal Kombat Screenshot
Lembra o que eu falei de modo campanha em jogos de luta no review do Fight Night Champion? Então,  MK fez exatamente o que eu falei na ocasião: amarrar as lutas com história. E que história mermão. Ele remonta a história dos clássicos MK1, 2 e 3, tudo repaginado, muito bem amarrado por sinal, e – pasmem – usando até alguns elementos do filme do jogo de 1995. Até a célebre frase de Raiden, interpretado por Christopher Lambert “Ele é um herói, apenas não sabe disso ainda”, referindo-se  à Johnny Cage, está lá!
Mortal Kombat Picture
E a “campanha” é longa. Também pudera, é a história de três jogos condensada em um! Pode se preparar para umas boas seis horas de “filme interativo”.
Mortal Kombat Picture
Além do modo história, existem inúmeros outros modos de jogo e extras pra desbloquear com pontos que você acumula, então o jogo possui um altíssimo replay value. Eu mesmo só vou parar de jogar quando desbloquear tuto, tuto, TUTO!
Mortal Kombat Picture
Todos os personagens de MK1-3 estão presentes, de uma maneira ou outra. E tem algumas, apesar de poucas, surpresas. Aliás, essa é uma das falhas do jogo, não tem nenhum personagem verdadeiramente inédito.
“Mimimimimimi mas no de PS3 tem o Kratos e do Xiboca não e mimimimi” – Fã chato de PS3
Eu sei caro mancebo, e digo-te: “Grandes bosta”. O Kratos é um Quan-Chi modificado que não fede nem cheira ali. Nem campanha ele tem.
Mortal Kombat Picture
Outra coisa que incomoda – e muito – é a impossibilidade de pular / pausar os vídeos no history mode. O que, diga-se de passagem, em plano ano de 2011, chega a ser vergonhoso. Imagina que você morre no Shao Khan e desliga o video-game pra tentar no dia seguinte. Aí você vai, liga o console todo pimpão e tem que aguentar todo o discurso de chefão do mal do Shao Kahn, ao invés de simplemente pular o vídeo. Saco né?
Mortal Kombat Picture
Mas tirando estes pequenos pormenores, não tenho mais o que falar. O jogo é praticamente perfeito. A jogabilidade (que por sinal nunca foi um ponto forte da serie MK) foram aprimorados e respondem com perfeição. Os fatalities e afins são extremamente violentos e fácil de serem executados, assim como os demais golpes especiais. Apesar de ser um jogo de luta, tem diversos extras e coisaradas para desbloquear, o que aumenta – e muito – a longevidade do jogo. Prepare-se para perder horas e horas na frente do video-game.
Mortal Kombat Picture
É um forte candidato a jogo de luta definitivo desta nova geração, e é jogatina obrigatória para piás pançudos como eu que gastaram altas mesadas em fichas no fliper jogando Mortal Kombat. Chega a escorrer lágrimas de emoção.
Mortal Kombat Picture
Afinal de contas, depois de muito tempo descobri quem é que eu quero.
Então desde pequeno escolho sempre o… SUB-ZERO SUB-ZERO SUB-ZERO SUB-ZERO SUB-ZERO 
Nota 9,3. E, pra finalizar o review, uma compilação de fatalities pra você!
  • Anonymous

    Ia comprar o jogo só pelo Kratos , mas depois de um tempo quis mais é q Kratos fosse a merda.Vou comprar o jogo pelo conjunto da obra.E vou colocar do lado do meu MGS4.Blog maneiro. visitarei sempre q possível.