Os melhores / piores de 2011

Aeeeeeeeeeeeeeee macacada! Olha nóis aqui outra vez!!! Antes tarde do que nunca, resolvi ressucitar esse blog xibunguento só para fazer aquela tradicional (ou não) retrospectiva 2011! Então bora ver o que rolou de bom (ou ruim) no mundo nerd no ano que passou?

A bagaça vai funcionar ansin: vou listar por categoria, os melhores, os piores, e uma menção honrosa, quando houver.
1. CINEMA:
(+) Sem Limites: Sem dúvida, num ano permeado de filmes medianos (até os filmes nerds não fugiram muito do feijão com arroz), Sem Limites foi o único que ficou impregnado no lado esquerdo do meu cerebelo.
(-) Latrina Verde: Esses filme desde o começo de sua produção já cheirava mal. Então não foi lá grandes surpresas quando o filme saiu e realmente foi uma bosta. Fiquei na dúvida entre o Conan do Momoa e o Latrina, mas leva o prêmio o que mais defecou nas minhas memórias juvenis.
Menção honrosa: A menção vai para Papai Noel das Cavernas (Rare Exports), um filme finlandês de terror com o Bom Velhinho! Recomendo!

2. GAMES:
(+) Elder Scrolls V – Skyrim: Se o ano para o cinema nerd foi morno, o mesmo não pode-se dizer do mundo dos games. Mas em ano que tem Elder Scrolls, não tem pra mais ninguem mermão! Zerei o meu em 90 horas, e vocês? FUS 
(-) Cursed Crusade: Em toda minha história como gamer, foram pouquíssimos os jogos que, de tão ruim que eram, me fizeram desligar o vídeo-game durante a introdução. Cursed Crusade foi um deles.
Menção honrosa: A menção aqui vai para Duke Nukem Forever. O jogo é ruim pra caralho, mas ainda assim é Duke e merece ao menos uma menção!
3. QUADRINHOS:
(+) Daytripper: Correndo o risco de falar besteira, o ganhador mais chapa-branca possível, foi ganhador do prêmio Eisner do ano passado e lançado encadernado em solos tupiniquins este ano. Dos brazucas Fabio Moon e Gabriel Bá, é uma espécie de “Forrest Gump” versão quadrinhos. Como falei antes, correndo o risco de errar porque ainda não li inteiro. Mas até onde li, gostei e muito. 
(-) Ultimate Avengers: Já que xunxei o melhor do ano, bora xunxar o pior também! O Mark Millar já foi bom, mas anda caducando. Não preciso nem ler até o final também pra perceber que esse Ultimate Avengers contra o Blade é a pior história do ano publicada por aqui. Até a arte do Steve Dillon, outrora fodástica, está extremamente relaxada. Acho que é o reflexo do péssimo conteúdo. Essa série consegue deixar o X-Men versus Vampiros parecendo uma obra de arte.
Ultimate Comics Avengers: Blade vs. the Avengers (Ultimate Comics Avengers (Quality Paper))
Menção honrosa: Zé Gatão – Memento Mori. É o quadrinho nacional mostrando sua força! Muito boa leitura e a um preço acessível! Recomendo a todos! 

4. SERIADOS:
(+) Game of Thrones: Dispensa apresentações. Fez até um cético como eu passar a acompanhar uma série. 
(-) Camelot: A série não era nem de longe ruim, mas enfrentou dura concorrência com GoT (estrearam exatamente na mesma época), e, por falta de audiência, foi cancelada. Ficou aquela sensação de coito interrompido.
Menção honrosa: Walking Dead. Parece que finalmente está entrando nos eixos e pegando o espírito do gibi! 

5. MÚSICA:
(+) Megadeth – Thirteen: Em um bom ano pro heavy metal em geral (bons albuns, bons shows em solo tupiniquim, festivais e afins) o novos disco do Megadeth se destacou e já nasceu com potencial para clássico. Diferente do sofrível ‘Lulu’ do Metallica e Lou Reed. 
(-) Sertanejo Universitário: Michel Teuloló, Luan Sentando, Gustavo Bicha, e todos esses auto intitulados “Sertanejos Universitários”. Se formem logo e parem de encher nosso saco!



6. BLOGS:

(+) Ah Negão: Na real tanto faz quem ganhe, criei essa catiguria só pra zoar meu próprio blog mesmo! Mas como eu to numas de ler essas tirinhas de memes, o blog do Ah Negão! é um que sempre me faz rir (www.ahnegao.com.br).

(-) Cocô na Cuia: Blogzinho sem vergonha que do nada sumiu no meio do ano, e voltou pra fazer uma retrospectiva como se nada tivesse acontecido. Que merda hein?

E aí? Concorda? Discorda? Quem você elegeria melhor / pior de 2011?

Aguardem, em 2012 muitas novidades! Ou não!
  • Correção: Ultimate Avengers não é desenhada pelo McNiven, e sim pelo Dillon, o mesmo do Preacher e Justiceiro. Correção 2: Lanterna está longe de ser o pior do ano….mané de teta!

  • Ah, tudo igual! É tudo Steve! Hehehehehe! Brincadeira, mea burrada mesmo, já arrumei lá!Quanto ao Lanterna, foi uma merda sim e ponto final! hehehehehhe!