Review na Cuia – Homens de Preto 3

Então galera. Ontem eu fui conferir a estréia de um filme que eu não estava muito interessado até dois meses atrás. Mais perto da estréia, eu fiquei curioso, e ontem, consegui uma oportunidade para assistir.

A primeira coisa que veio na cabeça foi de lembrar os anteriores, porém, eu não estava afim de perder tempo assistindo os dois primeiros filmes. Tive certas lembranças do primeiro vendo um pouco a chamada da Sessão da Tarde. Mas já o segundo, eu não lembro de quase nada. Parecia que eu assisti só pra falar para os outro que eu vi. Mas se for pra descrever o que houve, eu iria ficar quieto.

Chega de firulas e vamos falar do filme em questão – Homens de Preto 3.
Eu assisti no Imax (SIMMMM!!! Imax!!!), só porque eu não consegui horário para assistir aos Vingadores (de novo), ou seja, foi sem querer, querendo.
Pra quem quer saber um pouco da história, o filme começa como terminou o segundo (como não lembro, acho que foi isso), os agentes K (Tommy Lee Jones) e J (Will Smith) trabalhando normalmente na agência quando, derrepente, o vilão Boris – O Animal foge da prisão depois de 40 anos e volta no tempo para matar o agente K. O agente K some sem deixar rastros e ninguém se lembra dele no presente. Enquanto isso, a Terra é invadida por alienígenas. Isso faz com o que o agente J volte no tempo para investigar o que aconteceu e impedir essa invasão, e encontra o agente K mais novo, interpretado por Josh Brolin.
É uma trama simples no quesito de voltar no tempo, sem muita novidade. Há inúmeros filmes sobre volta ao passado para consertar o presente. Se você ver De Volta Para o Futuro, tem muitas coisas desse estilo bem melhor explorado. Para uma sequência que eu, particularmente, achava que terminaria do segundo, achei que diverte e cumpre a sua proposta, de um filme para a família mas nada de novidade. As piadas nas cenas do Will Smith acabam sendo praticamente as mesmas dos filmes anteriores, mas, mesmo assim, dá pra dar algumas risadas.
Algo que eu destaco nesse filme é o ator Josh Brolin. Ele fazendo o papel do agente K mais novo ficou com a mesma caracterização do mais velho de Tommy Lee Jones, um cara frio e sem sentimentos, contribuindo para as partes cômicas do filme. Parecia realmente que era a mesma pessoa.
Outro destaque ficou com a Emma Thompson como agente O, apesar de ter poucas cenas com ela, o discurso dela foi uma das partes mais cômicas do filme.
Os ETs são um caso a parte. Vale pela curiosidade e criatividade dos designers. Cada um mais bizarro que o outro. Mas, em sua maioria só serviram pra encher o roteiro, tirando o vilão e o ajudante dos agentes.
Homens de Preto 3 cumpre o papel no quesito diversão. Tem cenas cômicas como os anteriores mas peca na criatividade. Portanto não inova, porém não estraga se for juntar tudo para ser uma trilogia. Tem muitas trilogias piores. É um filme que vale a pena levar a família para ir ao cinema normal. Não recomendo ir ao Imax. É dinheiro jogado fora, apesar do 3D ser bem feito, mas não deixa com aquele ÓÓÓÓÓ como outros filmes. Se você tem tempo para assistir, recomendo, se tiver outros na fila, deixa esse pra depois e espere chegar na TV ou alugue.
Nota: 7,5

  • Ótimo não gasterei meu suado dinehiro com esse filme!!!!