DAMAGES Especial – Patty Hewes vai dominar você!

Seriado foca em advogada super-poderosa, sua funcionária ambiciosa e surpreende a cada episódio, mostrando por que Glenn Close é  foda.


 
Damages, uma série dramática criada pelo trio KZK ( Daniel Zelman e os irmãos Glenn e Todd A. Kessler), prima pelos roteiros ágeis, inspirados e coerentes, assim como pelas interpretações inspiradas e convidados de peso como antagonistas principais de cada temporada. Foi, no entanto, uma série muito subjugada por grande parte da audiência norte americana, o que a levou a sair do seu canal de origem FX e a ser comprada pela DirectTV, lhe garantindo mais 2 temporadas (4 e 5) e a chance de encerrar de forma honrada uma história mais que merecedora de seu espaço na TV.
 
Patty Hewes botando banca
O primeiro episódio estreou em 24 de Julho de 2007 e nos introduziu à recém-formada advogada Ellen Parsons (Rose Byrne, que interpretou Moira Mctarget, a ex namoradinha do Professor Xavier em X-Men – First Class), recém-contratada pela mais implacável e famosa advogada de New York City (sempre Nova Iorque) Patty Hewes (Glenn Close aqui dando vida à mais uma mulher foda, durona e malvadona em mais uma interpretação na medida: sóbria, cínica e muitas vezes remetendo ao seu papel da Marquesa Isabelle de Merteuil em “Ligações Perigosas (Dangerous Liaisons, 1988).
Sim, eu posso te fazer rastejar até o inferno sem ao menos mudar a minha feição
Ellen se submete aos caprichos e demandas de Patty, enquanto afunda em uma trama misteriosa que envolve o assassinato de seu namorado, aparentemente por ela mesma (calma, essa é a primeira cena da série toda, sou um gordo spoilerento, mas nem tanto) e um processo monumental em que Patty representa um grupo de funcionários prejudicados pela derrocada da grande corporação em que trabalhavam devido às falcatruas do CoE, Arthur Frobisher, interpretado por Ted Danson em um de seus melhores papéis até hoje (sim, vc esquece Cheers depois desse), em uma tragédia que remete ao caso real da Enron.
 
Você lembra da minha voz, mas os meus cabelos…
 
Trailer da Primeira Temporada
 
O que de cara chama a atenção na série, é a narrativa em “flashbacks regressivos segmentados” termo que eu acabei de criar pra fingir que sei alguma coisa. Tá! Mas que porra é essa? … Eu explico pequeno “mafagafo”. Todas as temporadas possuem duas narrativas paralelas. A primeira, foca em um período específico do presente dos personagens em que algo fatídico aconteceu. Esses momentos são mostrados em pequenas cenas, fornecendo pistas e vislumbres do que espera pelos personagens, mas nunca entregando o ouro. Geralmente essa narrativa tem uma fotografia diferenciada. Já a segunda, começa 6 meses antes da primeira, e vai avançando episódio a episódio até o último, momento em que as duas narrativas se encontram e a história é totalmente (ou não) desvendada. Em todas as temporadas eles conseguiram manter uma boa dose de surpresa e reviravoltas inesperadas até os momentos finais nunca se perdendo na obviedade ou nos finais escalafobéticos.
 
Vai rolar um tchê, tchê, re, re, tchê, tchê….. ?
A série conseguiu manter um excelente ritmo de amadurecimento, tanto nas suas tramas como nos personagens apresentados. Dentre os artistas convidados e interpretações marcantes ao longo desse tempo temos além de Ted Danson (Arthur Frobisher nas temporadas 1,2 e 3), William Hurt (O beijo da Mulher Aranha, o General Ross de O Incrível Hulk) como Daniel Purcell, um personagem do passado obscuro de Patty e cuja trama geral da segunda temporada gira em torno dele e de um caso de infecção química de uma população por uma Indústria corrupta a qual ele é o denunciante
Trailer da Segunda Temporada
Na terceira temporada contamos com Martin Short, como Leonard Winston, aqui, pela terceira série seguida interpretando um advogado impagável que bate de frente com Patty Hewes (ele foi recentemente o advogado de Nancy Botwin em “Weeds” e também o advogado chefe do Marshall em “How I met your Mother”. Contamos também com a inesquecível gêmea durona do clássico furtivo da sessão da tarde “Cuidado com as gêmeas” (Big Business, 1988), Lily Tomlin, aqui no papel de mãe de uma família afundada por um escândalo financeiro em Wall Street (sim, o mesmo tema da primeira, mas aqui com outra abordagem). Essa temporada conta com o assassinato de um/uma das/dos personagens principais da série como narrativa do presente.
Martin Short – “Tanto talento pra comédia e só me botam pra fazer advogado …. well…”
Lily Tomlin – “Sim, sou eu, continuo baranga depois de velha, mas meu contra-cheque ainda é muito maior que o seu”
Trailer da Terceira Temporada
 
Já na quarta temporada quem rouba a cena é John Goodman, o eterno Fred Flintstone e melhor amigo do Grande Lebowski , no papel de Howard Erickson, chefe de uma empresa de contratação de soldados terceirizados que atuam em conluio com o FBI mantendo uma rede de mercenários que são enviados para o Afeganistão como uma tropa paralela do exército americano. Nessa temporada, a trama geral acaba se sobrepondo ao enredo principal das duas protagonista, e mesmo a história sendo muito interessante e mostrando reviravoltas muito boas, a série acaba perdendo um pouco (mas bem pouco) de sua força ao relegar seus pilares principais à segundo plano.
“- Tá achando que travesti é bagunça?”
Vix! Agora a coisa ficou feia…
Trailer da Quarta Temporada

A expectativa pra quinta temporada é alta, já que o foco será a resolução final do conflito das duas advogadas pervinhas e eu não perderei isso por nada.

Carinho de mestra e aluna
No mais, fica a dica do Gordo: Se você está procurando por uma série dramática lazarenta de foda pra acompanhar, Damages é o canal (ou a série). Se você já tem uma certa simpatia pelo trabalho de Glenn Close, a série é obrigatória. Se você não é fã e detesta a véia, aqui é sua chance de se redimir e se embasbacar por várias temporadas com uma das grandes atrizes norte-americanas de nossa época.
 
By Gordo
Quem é a única vadia sensualizando na foto? Quem? Quem?

Referências:

Novidades da 5a temporada: http://www.huffingtonpost.com/2012/04/18/damages-season-5-premiere-date_n_1434837.html?utm_hp_ref=email_share

Site Oficial da Série no portal da DirecTV: http://www.directv.com/DTVAPP/content/damages

Entrada na Wikipedia: http://en.wikipedia.org/wiki/Damages_(TV_series)