Gordo Diário – 29&30 de 11 de 12

É isso aí meu povo, o Gordo promete e cumpre e cá estamos nós no segundo dia de Gordo diário, com notícias nada frescas dos dias 29 e 30 de Novembro.

Existe cenário melhor do que este? Sexta-Feira, salário fresco na conta, ticket refeição recarregado, sexta-feira e pra coroar tudo isso, uma coluna do Gordo pra ler? Então vamos lá, me mostre seu sorriso mais sincero e bora nos atualizar com as notícias nerds mais insignificantes da rede…

 

Agradecimentos à Gordinha da vez: Adele!

Universo Expandido de Star Wars nas telonas?

É o que diz o NewsaramaLawrence Kasdan (escritor de O Império Contra-Ataca e O Retorno de Jedi) e Simon Kinberg (escritor de X-Men: Dias de um futuro esquecido, Sherlock Holmes e outros) haviam sido contratados, dizem as más línguas, para escrever os episódios 8 e 9 da nova trilogia de Star Wars, mas ao que parece agora a intenção da Disney é colocá-los para explorar o universo expandido da franquia nas telonas.

O CEO da Disney prometeu um filme novo de Star Wars a cada 2 ou 3 anos, mas já se fala em 2 ou 3 filmes sendos lançados no mesmo ano, a exemplo dos filmes Marvel em que no mesmo ano temos Capitão, Thor e Homem de Ferro por exemplo.

Histórias não faltam, considerando todas as mídias, Star Wars já tem contos que vão desde 36000 anos antes do primeiro filme até 130 anos depois desse.\

Vida longa à George Lucas longe de sua principal criação.

 

Brasileiros de Daytripper selecionados para a seleção oficial do festival de Angouleme

Quão foda é isso? O Festival de Angouleme, na França, pra quem não conhece é o maior relacionado à àrea dos quadrinhos na Europa. Participar da seleção oficial de quadrinista é uma puta honraria a qualquer profissional da área. Apesar de eu não achar Daytripper o melhor trabalho da dupla, Fabio Moon e Gabriel Ba, pois começa muito bem mas perde fôlego e se repete demais com o passar dos capítulos, somente o fato de dois autores brasileiros, roteiristas e desenhistas do próprio trabalho, conseguirem atingir mercados internacionais tão diversos quando Estados Unidos e Europa, é algo marcante e muito relevante para todos que produzem quadrinhos aqui do Brasil e sem ufanismo, motivo de orgulho tupiniquim. Parabéns aos dois!!!

 

Constantine fora da Vertigo e parte dos Novos 52. Quão escroto isso pode ser?

Hellblazer, o gibi mensal da linha Vertigo estrelado por John Constantine sempre foi uma boa constante dentre os títulos da DC Comics. Talvez nunca nenhuma de suas fases tenham atingido o status de obra prima ou revolucionária para o meio, mas não se pode negar a qualidade de escrita e arte de suas diversas sagas. Muita gente boa passou por ali, Jamie Delano, Garth Ennis (meu preferido), Paul Jenkins, Warren Ellis, Brian Azzarello e a novela confusa de Mike Carey que a Panini vem publicando todo mês na revista “Vertigo“. Melhores escritores do universo? Há controvérsias, mas não podemos negar que mesmo a pior dessas fases acaba sendo uma boa e divertida leitura, tudo que qualquer quadrinho mensal deveria ter a obrigação de ser.

Agora o velho Dan “ô do Bigode” Didio, não satisfeito com a participação do inglês em Liga da Justiça Dark, resolve cancelar sua versão Vertigo e relançá-lo como um novo título dentro dos Novos 52.

A dupla criativa escolhida é promissora, Robert Venditti, criador de Substitutos (Surrogates no original), gibi que virou filme com Bruce Willis no papel principal e ilustrado pelo brasileiríssimo Renato Guedes (Superman e Wolverine).

Venditti já garantiu que apesar de mais jovem, solteiro e com palavrões censurados, o personagem não deve diferir muito de sua versão original, mantendo o clima noir e os temas sobrenaturais, fugindo do clima super-heróico tradicional que cerca o universo DC tradicional, o que de certa forma é um alívio. A conferir.

 

Mike Deodato é entrevistado por Danilo Gentili no Agora é Tarde.

Chupinhei do UniversoHQ, mas fica a dica: Mike Deodato JR pra quem não sabe foi um dos primeiros artistas brasileiros a explodir no mercado norte-americano de quadrinhos na década de noventa com o título da Mulher Maravilha.

Que aspirante a desenhista dessa época nunca tentou copiar as mulheres sem costela dele?

Há mais de 10 anos trabalhando somente para a Marvel, ele é responsável por diversas fases dos Vingadores escritos por Brian Michael Bendis, o maior criador da casa, e sua arte hoje é muito mais realista e sombria.

Há boatos inclusive que os dois devem permanecer juntos em uma nova versão de Heroes for Hire.

 

Amazon – Mais uma tentativa de levar a Mulher Maravilha pras telinhas.

Seguindo o sucesso de Smallville e Arrow, a Warner ressuscita a proposta da Maravilhosa na TV com o seriado Amazon.

Ao invés de focar em Diana, a personagem principal se chamará Iris (que bosta colossal).

O episódio de estréia está sendo escrito pelo super estimado Allan Heinberg, que já produziu Sex and the City e escreveu o gibi da própria Wonder Woman durante um tempo.

A premissa básica é muito similar à personagem apresentada nos novos 52 na revista da Liga. Amazona jovem, criada na batalha (literalmente), que despenca em nosso mundo e se maravilha com cada coisinha diferente que ela encontra. Sim, isso soa como algo chato, mas pior que o piloto de David E. Kelley’s lançado ano passado não fica… ou será que eles se superam?

O principal motivo de eles não usarem Diana no seriado é o fato de que a própria Warner está desenvolvendo um flme da personagem, com roteiro de ninguém menos que Michael Goldenberg…sim, o mesmo de Lanterna Verde. Viu como é fácil piorar as coisas?

 

Playstation 3 por R$980,00 no Brasil em …. 2013.

Pode-se encarar isso como um progresso, afinal o preço atual do console é de R$1.399,00, mas perdendo ainda à redução de 40% alcançada pela Microsoft com o XBOX.

 

Didi e Casseta fora da programação da Globo em 2013.

Sério, dificilmente você, leitor do CnC, assiste a qualquer coisa da Groba, mas não há como não ficar feliz ao saber que finalmente teremos um descanso oficial da turma de Didi Mocó e do Casseta ao mesmo tempo. Didi só funcionava quando os 4 trapalhões originais estavam vivos, ativos e reunidos. Casseta sem Bussunda é pior que Zorra Total. Que vão em paz.

Por hoje é isso, abraço aos detratores (Fatso = Nhonho).

Beijunda do Gordo.