Post do Leitor: An0m comenta as 13 bandas superestimadas

O leitor mais exaltado do CNC solta o verbo!

Fala xibungaiada marota!  O leitor An0m não economizou palavras ao comentar meu post das 13 bandas subestimadas e ganhou a honra de estrelar o primeiríssimo Post do Leitor CNC!

Ficou com invejinha? Não se preocupe! Você também pode ser a estrela aqui! Basta mandar seu post para contato@coconacuia.com.br (ou mandar um comentário verborrágico em algum post como fez o An0m, que cuidaremos do resto!).

Então, vamos lá? Para quem não conhece o post original que gerou mais polêmica que mamilos pode conferir clicando AQUI. Ainda fiz outro top (um pouco menos rancoroso) sobre bandas subestimadas (AQUI). Fiz alguns comentários no texto original, destacados em VERMELHO.

Texto Por: An0m

Bem, acredito que esse posto tenha sido feito por um alguém que não possua muito um senso de relativismo (SOU EU!!! XD). Então falaremos de algumas das “posições” dadas pelo “autor”;
•• 13 – Black Sabbath (Não são superestimados): Você diz que era “uma bela de uma bosta” e que, apesar de seus diversos riffs memoráveis era, por resto, mal elaborada. Fato que já abre uma “tremenda” discordância, pois se formos citar um simples fato, já seria possível desmentir essa sua afirmação… e esse fato é de que 4 garotos que não tinham acesso a um grande repertório cultural, e mesmo assim conseguiram por méritos próprios criar um ESTILO MUSICAL diversificado e genialmente novo que serviria como base para diversas (estamos falando de centenas de milhares) de bandas que surgiriam posteriormente à eles, deixando as mesmices da época “comendo poeira”, pois não falavam apenas de temas dos quais as pessoas ouviam em todas as bandas, mas sim criavam metáforas comparativas com o mundo e como o mundo estava, além de colocarem termos e temas que se ditos em publico era motivo de “arrepios” da parte dos moralistas hipócritas da época, temas dos quais citavam o nome de Lúcifer (e seus derivados) como uma forma metafórica para ser uma história real (situações das quais as pessoa passavam e tentavam se libertar) ou estórias, apenas, ou simplismente de suas “trips” com algumas drogas, fora o incentivo à pratica da paz que é evidente na frase “Show the world that love, Is still alive you must be brave, Or you children of today, Are children of the grave” da música “Crildren of the grave”. E quanto a voz do vocalista Ozzy Osbourne; não tratasse de ter aptidões vocais que se qualifica um bom ou mal cantor, mas é óbvio que não se pode comparar as qualidades vocais de Ozzy com as de Freddie Mercury, porém ele foi considerado a voz de todos os membros da sociedade a partir do momento em que soltou sua voz e criticou os motivos banais e defeitos que os governos tentavam esconder,e isso era feito de uma forma um tanto agressiva e sonoramente boa, até porque este seu argumento foi completamente em vão, pois todos sabem que Ozzy não tem uma qualidade vocal boa, mas sua voz é boa de se escutar e é incrivelmente suave, potente, rasgada e forte ao mesmo tempo, fazendo com que ele consiga deixá-la em ritmos e formas diferente para cada tipo de tema que ele escolher cantar, assim podemos ver em “N.I.B.”, “Sabbra Cadabbra”, Sweet Leaf” e “Children of the Grave”, por exemplo;Obs.: Em seu perfil você se diz fã de Heavy Metal, então deveria ao menos ter o bom senso ao falar isso e criticar o grupo criador e influenciador do estilo que você curte.
CONCORDO! Aqui deixei minha ‘fanboyzisse’ do Dio falar mais alto, confesso! =P A banda foi uma das pioneiras do gênero, e uma revolução para época, isso é inegável! ‘Bela de uma bosta’ foi pegar muito pesado mesmo! Huahuahahuahua! Devia estar de TPM no dia!
•• 12 – The Beatles (São os mais superestimados): Os Beatles são, por vezes, chamados de gênios por pessoas que apenas conhecem sua fama atual. O que realmente aconteceu com eles foi ter um ótimo — repito –, um ótimo empresário e produtor, pois se eles tivessem tido qualquer outro empresário/produtor seriam apenas mais uma das bandas da época, pois aquela era a “modinha” da é poca em todos os quatro cantos do mundo… o corte de cabelo, os estilos de cantar. Então apenas quem viveu naquela época sabe que Beatles foi lançada mundialmente por seu empresário, o que não aconteceu com os outros grupos que eram, pra se dizer a verdade, praticamente iguais aos Beatles.
CONCORDO! Como os Beatles, tiveram centenas de bandas praticamente iguais na época! Eles só tiveram um bom marketeiro!
•• 11 – Ozzy Osbourne (Não é superestimado): Ozzy Osbourne após ter sido expulso do Sabbath, encontra Sharon, sua empresária e atual esposa decide continuar sua carreira como músico enquanto ainda estava recente sua saída do Sabbath, e você diz que ele “em 30 anos teve 3 ou 4 hits” (HAHAHA faça-me rir, garoto), você absolutamente deve ter menos de 35 anos, pois 3 ou 4 hits foram apenas no primeiro albúm (Blizzard of Ozz), sem contar os outros albuns, pois por muito tempo diversas músicas, tais como: Crazy Train, Shot in the Dark, Believer, Rock ‘n’ Roll Rebel, Bark at the Moon, Miracle Man, Hellraiser, No more tears (e por aí vai) ficaram entre as 10 mais tocadas em diversas partes do mundo, e cada album que se era lançado, mais eram acumulados fãs devido as suas msuicas descontraídas, animadas e bem diferenciadas.
Concordo em termos, admito que 3 ou 4 hits foi muito exagero mesmo… Hehehehe! Mas acho que a ‘boa’ carreira solo do Ozzy foi meio que um rastilho de pólvora e acabou decaindo com o tempo.
•• 10 – Guns n’ Roses (Um pouco superestimada pelo numero de posers): Não comentarei nada sobre ela, pois depois que lí o que você escreveu, não consigo me concentrar de tanto rir, e isso foi: “o único membro original da banda é o Axl” (HAHAHAH) você deve ser apenas mais um dos “posers” que pensam conhecer sobre alguma banda, pois o Dizzy ainda está no Guns N’ Roses. Mas sim, eles são um pouco superestimados quando refere-se ao passado da banda, pois no presente dela ninguém a superestima, é mais fácil verem criticando.
VERDADE! Esqueci completamente do Dizzy! Huahahuhuahua! Mas que Axl Rose tem deturpado o GnR à sua pérfida (e gorda!) imagem, isso é inegável. Se não fosse pelo ego do gordito, a banda poderia ainda ter o brilho de outrora. O lado bom disso tudo é que  Duff McKagan, Steve Adler e Slash tiveram carreiras ‘solo’ bem interessantes também. Não nego que os músicos atuais do GnR tenham talento e possam muito bem segurar as pontas: o deprimente é ver um Axl, que mal consegue ficar em pé, tentando cantar. Mas me chamar de poser foi sacanagem! Só não foi pior que me chamar de Hipster depois! Hehehehehe!
•• 9 – Kiss (um pouco superestimada pela parte dos fãs): Kiss não tem letras muito bem elaboradas mesmo, porém na simplicidade de suas letras conseguiram fazer uma união entre letras simples e hormônicas muito bem elaboradas.
KISS na verdade é tipo um ‘Axé, Sertanejo ou afins’ do mundo do rock (sem querer ofender): letras extremamente grudentas e hits instantâneos. Eles provam que para fazer boa música não precisa de muita firula. Fora que o show deles é um espetáculo (estive no recente show em SP, e recomendo!)
•• 8 – Pink Floyd (“Super” superestimados): Algumas pessoas dizem que as letras de Pink Floyd são filosóficas e geniais, porém isso é fácil de se negar, basta apenas ler as letras que se verá que são apenas “encheção de linguiça”, além do ritmo monótomo e muito longo, somados a sons metálicos, e de diversas outras naturezas que se unem nas musicas, sem falar da megalomania dos seus integrantes e da forma que seus fãs tentam se expressar (pseudo) intelectualmente, que sempre acaba resultado em vexame. Resumo da ópera… som fácil de se “enjoar” caso você não curta, ou se obrigue a curitr como é o caso de muitos de seus fãs.
CONCORDO em gênero, número e grau! Não teria dito melhor! =D
•• 7 – Rage Against the Machine (Não acredito que seja superestimada, pois pouco ouvi sobre ela): Não tenho nada para falar pois não conheço muito bem essa banda, apenas não concordo que Tom Morello não seja talentoso, pois já foi por várias vezes considerado um dos melhores guitarristas.
Aí é mais uma questão de opinião mesmo. Apesar de ter um estilo bem peculiar, não gosto do som que Tom Morello tira da guitarra, pra mim parecem mais uns ‘cué cué’ aleatórios do que realmente riffs e solos bem elaborados. Fora isso, não gosto da mistura de rock com rap que essas bandas de ‘Nu Metal’ insistem em fazer.
•• 6 – Red Hot Chili Peppers (Nada consta – risos;): Primeiramente,a banda é Funk Rock, e creio que caso você não curta Funk (não estou falnado do brasileiro) você não gostará mesmo da banda (e nem de Castles made of Sand do Jimi Hendrix – risos;);
Apesar de RHCP realmente não ser meu estilo, acho os álbuns de estúdio deles ‘escutáveis’. Funciona como um som ambiente de bar, mas também não empolga. Minha birra é que eu vi um show deles certa vez, e eles ao vivo SÃO MUITO RUINS!
•• 5 – U2 (não ouço, portanto sem notas);
Então provavelmente é uma boa idéia continuar sem ouvir! =D Acho que pra quem é mais do heavy metal, ou mesmo de um rock mais clássico, U2 é chato e modorrento. É um ‘rockzinho mela-cueca’ que fez escola, gerando os Coldplays e afins da vida.
•• 4 – Legião Urbana (Superestimados): Não ouço, porém sei que todas as frases “bonitas” que eles “faziam”, eram puramente ditos populares basicamente, além de serem super manjadas.
Bem isso. Gostar de Legião acho que é mais questão de status, de ser ‘cult’ e ‘cool’, do que propriamente gostar de um som insosso que acho que não pode nem ser considerado Rock’n Roll.
•• 3 – Nirvana (Superestimada): Não escuto muito, porém não possui letras que sejam nem ao minimo “reflexivas” ou que digam aquilo que todos queriam dizer, apenas faz menções ao suicídio, e mesmo assim tem um super acumulo de posers em cima dela;
Kurt Cobain não era gênio nem aqui nem na China. Tocava umas musiquinhas sem vergonha de três acordes e letras pobres, e os posers ‘pira’. Tem gente que tem a pachorra de considerar ele um dos melhores guitarristas que já existiu. Acho que ele foi martirizado por sua morte precoce, só pode.
•• 2 – Led Zeppelin (Não é superestimada): Não direi nada, pois você deu apenas seu ponto de vista não relativista quanto à banda, que por diversas vezes já foi e é considerada uma das maiores Bandas de Rock ‘n’ Roll e ter a canção mais bem escrita da história musical, a qual aborda temas que arremetem à diversas figuras mitologias que se misturam à uma forma reflexiva;
Novamente, foi uma questão de compatibilidade de gosto musical. Gosto de algumas músicas do Led, mas não acho eles essa Coca-Cola toda… realmente deveria ter escrito de uma maneira mais imparcial (e com mais argumento… hehehehe!)
•• 1 Metallica (Não é Superestimada): Não sei de onde surgiu essa ideia de que várias musicas de seu repertório são covers, ele tem sim algumas canções que são de outros grupos, porém esse numero não é vasto como você citou. No mais, não direi nada, pois não escuto muito Metallica;
Huhuahuauhauhahua! Aqui entra aquela piada interna que mencionei no meu post: sou extremamente fã do Metallica, tenho camisetas, DVDs e CDs da banda. É que eu e o Boobs (outro colaborador do CNC) brincamos que o melhor álbum do Metallica é o Garage Inc. (que por sinal é um álbum de covers),  e poucas pessoas (principalmente aqueles posers) sabem disso. Então, muita gente acha que músicas como Am I Evil, Blitzkrieg, Killing Time, entre outras, é de composição do Metallica. Acho isso um pouco de sacanagem com as bandas originais, que acabaram meio que caindo no ostracismo.
OBSERVAÇÃO GERAL SOBRE O POST QUE FOI PUBLICADO: POST INTEIRAMENTE ESCRITO POR UM “AUTOR”, O QUAL SE DEU O NOME DE BALÃO (EU DE NOVO! XD), QUE NÃO POSSUI AO MENOS O MÍNIMO DE RELATIVISMO!!!!
Obrigado pela participação An0m! Valeu pelos excelentes comentários e boa argumentação! Espero, com minhas justificativas ter perdido um pouco também meu estigma de ‘rancoroso’.
É isso aí pessoal! Até o próximo post do Leitor! Ou não, afinal de contas, pra ter um ‘post do leitor’, são preciso leitores… e isso é artigo em falta no CNC!