EXTRA! Sony Anuncia o PS4!

 E o controle continua uma bela duma bosta.

ps4-620x358

Fala seus zé-ruelas! Convenção da Sony aconteceu hoje, e veio com uma notícia bombástica: O anúncio do lançamento do PS4.

E como o CNC é um site de vanguarda, é óbvio que ele copiou na cara dura de outro site preparou uma matéria especial para você, amigo leitor! Confere aí!

A Sony, como se esperava, anunciou hoje o PlayStation 4 num evento que foi transmitido pela internet para todo o mundo. O novo console se chamará PlayStation 4 e contará com integração com dispositivos certificados pela Sony, além de grande apoio aos desenvolvedores independentes.

A conferência começou com uma apresentação sobre a imaginação e como os videogames ajudam a explorar esse universo onde quem manda é a criatividade. Durante essa apresentação, diversos títulos da família PlayStation (tanto portátil quanto de mesa) foram mostrados.

O anúncio foi feito por Andrew House, que entrou com a música clássica de início do PlayStation Original. House disse em sua introdução que eles pretendem fortalecer a família PlayStation tanto via hardware como software e falou que a sala de estar é o ecossistema do jogador. Segundo House, um dos principais pontos atuais é a conectividade entre diversos aparelhos e que há demanda dessa característica tanto pelos jogadores casuais quanto hardcore.

House deu sequência à sua introdução dizendo que outro ponto bastante importante da próxima geração é que o jogador que decide onde quer jogar algo, indicando que um dos focos da Sony será essa integração entre diversas plataformas.

Após a introdução, House chamou ao palco o chefe de desenvolvimento do próximo console, Mark Cerny, que comentou sobre os desafios que a equipe a cargo do próximo console enfrentou pensando em como expandir o universo da família PlayStation. Um dos principais pontos levantados por ele foi o fato de a Sony ter ouvido dos desenvolvedores o que eles queriam para um console.

Segundo Cerny, o próximo console será poderoso e acessível. A arquitetura do console será baseada no X86, a mesma usada em PCs. Para placa de vídeo, o console usará uma placa de vídeo de computador também, mas “super melhorada. O console terá 8GB de RAM e um HD.

ps4-esquema

 Após isso, o controle do PlayStation 4 foi mostrado, o próximo Dual Shock:

dualshocknovo

O controle terá alguns botões novos, como o Share:

dualshock-share

 Um sensor:

dualshocksensor

 E mais uma câmera estéreo que aponta para o console.

live0370

Após essa demonstração, comentários sobre a capacidade do console foram tecidos. O console terá 8GB de RAM DDR5, o mesmo usado em placas de vídeo atualmente. Ele será capaz de rodar a nova Unreal Engine 4 sem engasgos, gerando imagens em alta resolução e com alto nível de detalhes em tempo real.

O console terá um botão de suspender também, exatamente como os notebooks de hoje em dia. Outra novidade será a possibilidade de você jogar o jogo enquanto baixa ele, semelhante ao que é possível fazer em Diablo 3.

O novo PlayStation terá um processador auxiliar que cuida de downloads e uploads, evitando assim que o console fique lento enquanto essas atividades são feitas ou que o console fique inutilizado enquanto isso acontece, uma das principais reclamações do PlayStation 3.

Há também uma nova rede social na PlayStation Network para levar o nível social dos jogos a um local nunca alcançado antes. Você pode ver o que os seus amigos estão jogando e em que parte eles estão, para o caso de você querer dar uma mãozinha.

live0392-1361402893

Mais uma característica desse novo console será a personalização. Você pode deixar o visual do sistema do jeito que você quiser, com a máquina “prevendo” o que você gostaria de comprar, jogar etc. A ideia é reduzir o tempo de entrega de jogos em zero, já que o console fará o download dos jogos antes mesmo de você comprar. Assustador, não é?

A apresentação do novo console continua com Dave Perry, da Gaikai. Ele começou a apresentação dele falando sobre a iniciativa da Gaikai em melhorar a PlayStation Network cada vez mais. Uma novidade para a rede será o fato de você poder testar os jogos instantaneamente, usando o sistema da Gaikai no PlayStation 4.

share

Dave Perry comentou também sobre o botão share, que faz você transmitir o que você está jogando para os seus amigos. Você poderá conversar com eles durante a partida e até pedir ajuda deles para passar de algumas partes.

remoteplay

O Remote Play será uma realidade no PlayStation 4. Você poderá jogar jogos do PlayStation 4 na tela do seu PlayStation Vita, ou seja, vai dar para jogar PS4 cagando. Isso foi possível usando o conhecimento técnico da Gaikai. Os títulos do PlayStation 3 estarão disponíveis no PS4 e os planos da Sony é de levá-los para “todas as plataformas” via nuvem. Outro uso bastante inteligente da Gaikai. O serviço PlayStation Cloud, que torna tudo isso possível, será anunciado aos poucos.

A apresentação continuou com depoimentos de desenvolvedores como Tim Schafer da Double Fine e David Cage da Quantic Dream. Eles, obviamente, só falaram coisas boas sobre o console.

Após esses comentários, Michael Denny subiu ao palco para falar sobre os jogos que serão anunciados para o PlaySation 4.

A apresentação continuou com mais uma demonstração da capacidade gráfica do novo console. Segundo ele, a evolução do uso de polígonos no PlayStation 3 foi a seguinte:

poligonos

Após isso, a seguinte face foi mostrada. Segundo o apresentador, essa imagem é gerada em tempo real:

rosto

PÊLOS NA ORELHA?!

Finalmente, um jabá com todas as empresas asiáticas que estão dando suporte ao console:

empresas

ono
Oi, eu sou virgem!

Yoshinori Ono logo após subiu ao palco para falar sobre a relação da Capcom com a Sony e todo o avanço que ambos puderam fazer durante o PlayStation 1, 2 e 3. O PlayStation 4 receberá uma nova série exclusiva: Deep Down, que rodará na nova engine da Capcom.

Após isso, a Square Enix foi apresentada ao palco. Assim como com a Capcom, a apresentação da empresa começou falando sobre a relação entre ela e a Sony. A apresentação em vídeo começou com aquele vídeo da nova engine da Square que eles já exibiram no ano passado. Concluída a apresentação, Shinji Hashimoto, diretor da marca Final Fantasy, subiu ao palco e anunciou que um novo Final Fantasy está em desenvolvimento para o PlayStation 4 e que ele será exibido na E3.

Terminada a apresentação da Square, é a vez da Ubisoft. Yves Guillemont subiu ao palco. É hora de vermos como Watch Dogs será no PlayStation 4.

metzen

Outra empresa que subiu ao palco foi a Blizzard, representada por Chris Metzen. Segundo Metzen, a Sony e a Blizzard firmaram uma parceria para tomarem o mundo. A ferramenta para isso? Diablo 3.

Como só as duas empresas não conseguiriam tomar o mundo sozinhas, a Activision também subiu ao palco na apresentação. A Activision, junto com a Bungie, publicarão Destiny para o PlayStation 4. O jogo receberá conteúdo exclusivo no console da Sony e terá uma versão no PlayStation 3 também.

Com essa apresentação, termina a conferência da Sony de apresentação do PlayStation 4. O que vocês acharam?

Eu sinceramente achei uma bela duma bosta! Geração após geração a Sony ainda não aprendeu como fazer um controle e insiste no batido e ultrapassado design do dual shock. Dos jogos anunciados, também ainda nada que faça virar os zóinhos (com exceção talvez de Watch Dogs). Nem o anúncio do Final Fantasy chega a empolgar, já que a série faz anos que não emplaca nada que realmente preste. E, fala sério, anunciar um video-game novo mega-power para rodar DIABLO III?! Até meu falecido 486 rodaria essa porcaria! Tomarem nos seus respectivos cus! Pra mim a melhor feature anunciada foi o fato de poder jogar CAGANDO! Huauhauhahuahua!

[Fonte: Critical Hits]