Marvel preenche cotas de minorias do novo filme dos X-Men!

Todos

É isso aí gurizada, nada faz mais sentido nessa vida do que um filme, que fala sobre uma minoria execrada pela sociedade, no caso os mutantes, reservar parte de seu elenco para as minorias da vida real, certo? Certíssimo! E a seleção do elenco do novo filme dos “Mutunas”, X-Men: Dias de um Futuro Esquecido, começa a ficar cada dia mais diversa com a confirmação de que teremos na telona, além dos gays (bem) representados por Magneto e os negros por Hale Barry, a adição de Booboo Stewart (quem? #1) no papel de Apache (quem? #2), o primeiro X-Men nativo-americano, vulgo índio, e Omar Sy (quem? #3), no papel de Bishop, o negão boladão que veio do futuro pra nos salvar do apocalipse.

A revelação foi feita nessa manhã, pelo próprio Brian Singer, que publicou um vídeo no Vine, mostrando um semi-círculo de cadeiras com os nomes dos personagens Logan, Xavier, Magneto, Storm, Bishop, Kitty Pryde, Bobby “Iceman” Drake, Peter “Colossus” Rasputin, Blink and James “Warpath” Proudstar.

Curiosamente, outro X-Men bucha, mas extremamente popular que fará parte do filme também foi confirmada, Blink, a teletransportadora (é uma boa tradução para teleporter?) de pele colorida e olhos brilhantes, que será interpretada pela beldade chinesa Fan Bingbing.

Mas quem diabos são Bishop, Apache (aka Pássaro Trovejante II) e Blink?

Segue lendo, que o CnC preparou uma mini biografia desses personagens chupinhada e resumida na cara dura de suas entradas na wikipedia pra vocês. Obviamente, não espere que nada disso seja respeitado em suas adaptações na telona. Na verdade, se esses atores conseguirem um par de falas no meio de elenco tão gigantesco, dê-se por satisfeito:

BlinkBlink

Blink, cujo nome verdadeiro é Clarice Ferguson, foi criada por Scott Lobdell e Joe Madureira e teve sua primeira aparição na saga da Falange. A personagem morreu um mês depois, mas apareceu repaginada na mega-saga Era do Apocalipse, quando acabou virando uma das mutantes favoritas dos fanboys da década de 90. Em 2001 ela voltou a aparecer como protagonista da série Exilados, onde liderava um grupo de mutantes que viajava no tempo por diversas fases do Universo Marvel. A versão da personagem da Terra-616, o universo “real” da Marvel, voltou a aparecer em 2009 e hoje é parte integrante da cronologia oficial da editora.

O poder de teleporte de Blink é explicado como a habilidade de deslocar a matéria através de um tipo de portal. Controlando o tamanho do portal, ela pode utilizá-lo como meio de locomoção ou de ataque, ao teleportar apenas frações de seus oponentes. Ela não precisa ter contato direto com o alvo para transportá-lo, porém, ela conjura pequenos cristais, que arremessa nos oponentes, para melhor acurácea do seu teleporte… conjura cristais? Really? … é… há mutantes com poderes piores…certo Cifra?

Apache (Pássaro Trovejante II)

Apache

James Proudstar é um mutante, indígena (daqueles que lutavam contra os cowboys) e irmão mais novo de John Proudstar, também mutante, admirado pela aldeia e que fora recrutado pelo Prof. X e Ciclope para salvar os X-Men originais da ilha viva de Krakoa. James sempre viveu à sombra de John, porém, ao invés de invejá-lo, James tornou-se ainda mais fã do cara, razão pela qual acabou se rebelando contra os heróis mutantes quando Jonh morreu logo na primeira missão com a equipe.

James decidiu entrar para os Satânicos, grupo inimigo dos Novos Mutantes, como forma de vingar a morte de seu irmão mais velho, assumindo o codinome de Pássaro Trovejante II, porém, após algumas batalhas, ele percebeu o quanto estava errado e passou a integrar os Novos Mutantes, pouco antes de sua transformação na X-Force, onde passou a ser membro efetivo até sua extinção. Durante seu período na X-Force, James desenvolveu ainda mais seus poderes e, com a aquisição de mais auto-confiança, abandonou a sombra de seu imão, adotando o codinome de Apache. Embora apaixonado pela mutante Syrin, Apache se envolveu por um período com a misteriosa Risque.

Com a Dizimação perpretada pela Feiticeira Escarlate na saga Dinastia M, James se tornou um dos 198 mutantes que retiveram seus poderes. Mais recentemente, quando Gabriel Summers, o irmão secreto do Ciclope, resolveu que iria se vingar do Império Shi’ar, Apache foi um dos recrutados pelo Professor X para integrar a nova equipe de X-Men que iria pro espaço

Bishop (Bispo)Bishop

O “dois chopes”, batizado no Brasil como Bispo, foi por muito tempo um herói que agiu principalmente como membro dos X-Men, se tornando posteriormente um dos piores vilões da mitologia mutante. Foi criado por John Byrne e Whilce Portacio.

Bispo vem de um futuro alternativo, onde era um oficial da Força de Segurança X, um corpo policial responsável pelo monitoramento de mutantes. Veio parar na linha de tempo padrão do Universo Marvel quando perseguia o criminoso Trevor Fitzroy. Uma vez nele, teve dificuldade em se adaptar em um mundo em que os X-Men (seus ídolos e inspiradores) ainda estavam vivos e no qual seus métodos violentos de manter a lei não eram bem vistos.

O personagem foi bastante popular durante a década de 1990 e permaneceu junto dos X-Men, sendo mantido mesmo após várias reformulações das equipes (participando da “Equipe Dourada“, X-treme e Elite de Segurança X). Estrelou duas séries próprias – Distrito X e Bishop:O Último X-Man – além de ter desempenhado um papel importante durante a saga A Era de Apocalipse e Massacre.

Durante o evento “Complexo de Messias” (Messiah Complex) Bishop identificou a primeira mutante nascida após o dia M como a causadora de um grande desastre que daria origem ao seu futuro alternativo. Obcecado, Bishop parte na missão de matar a criança antes que ela fosse causadora desse envento. No decorrer da trama, Bishop falha em matar a messias mutante, mas acaba acertando um tiro na cabeça de Charles Xavier, o Professor-X, e tem seu braço devorado pelo matador de mutantes conhecido como Predador-X.

Após isso, Bishop, usando um braço mecânico e um dispositivo de salto temporal roubados do laboratório de Forge, passa a perseguir a messias mutante, que passou a ser chamada de Hope Summers, e seu pai adotivo e protetor, Cable, através do continuum temporal, causando milhões de mortes nos períodos temporais futuros para alcançar seu objetivo,sem no entanto alcancá-lo.

O poder mutante de Bishop permite-lhe absorver energia projetada contra ele, diluir em energia vermelha potente e dispará-la através das mãos. Lucas (ele tem nome de gente também) pode converter seus disparos em de microondas de calor ou outros tipos de emissão. Esse poder o torna praticamente invulnerável a ataques como os de Ciclope, mas não é ilimitado, podendo ser sobrecarregado. Como o poder de Bishop depende de fontes externas, ele também carrega armas de feixe, geralmente um rifle de plasma.Lucas é um excelente atirador e combatente corpo-a-corpo.

Um segundo poder foi atribuído a Bishop, anos depois de sua primeira aparição: o senso de direção perfeito, outro poder mutante que é ó….uma bosta, GPS dá conta do mesmo jeito. Ele é capaz de dizer exatamente onde se encontra; mesmo que seja levado a algum lugar vendado, através de teletransporte, ou talvez mesmo inconsciente ele saberá onde está. A explicação para esse novo poder seria sua ascendência, já que um dos ancestrais de Bishop é aparentemente o mutante Teleporter, capaz de se teletransportar (jura?).

Um abraço do Gordo, a minoria hipster comunistinha de faculdade do CnC.

  • Nhonho

    Gostei do post bastante educativo, pra minha surpresa, li até o fim!