6 razões para começar a assistir Orphan Black agora!

A trupe de Orphan Black reunida.
A trupe de Orphan Black reunida.

Todo mundo já está careca de saber, principalmente eu, que o Netflix realmente trouxe uma revolução no modo que assistimos séries de tv. Eles começaram de mansinho, disponibilizando todas as temporadas de séries clássicas como “Arquivo X”, “Dr Who”, dentre muitas outras, passando então a oferecer temporadas recentes de séries de sucesso que ainda estavam no ar, como “Breaking Bad” e “Dexter”, multiplicando a sua base de fãs e sendo um dos grandes responsáveis pela sua explosão de popularidade.Por fim, as séries produzidas pelo próprio canal trouzeram um modelo de distribuição de conteúdo que deu um soco no estômago dos canais de TV tradicionais, trazendo a temporada completa já na data de estréia do seriado com qualidade de horário nobre dos EUA. Mas o serviço de streaming também disponibiliza séries menos conhecidas, algumas de qualidade sofrível e outras que são verdadeiras pérolas. Foi através deles que conheci e passei a assistir Orphan Black, um drama de ficção científica canadense, produzido pela “BBC America”, criado por Graeme Manson e John Fawcett, que estreou em 30 de Março de 2013 e já se encaminha pra sua terceira temporada de dez episódios.

Logo no episódio piloto somos apresentados à Sarah Manning, que presencia o suicídio de uma mulher fisicamente igual à ela e acaba tomando o seu lugar como uma policial detetive. A partir daí ela descobre que não existe apenas uma, mas inúmeras mulheres idênticas à ela, clones espalhadas pelos Estados Unidos e Europa, e também que há alguém muito poderoso as perseguindo e decidido a se livrar delas. Achou pouco, então corra pelas próximas páginas e descubra 6 motivos para começar a assistir essa série “djá”!

Da esquerda para a direita: Rachel, Alisson, Sarah, Cosima e Helena.
Da esquerda para a direita: Rachel, Alisson, Sarah, Cosima e Helena.