Papel de Super-Herói no cinema: TODOS SE ARREGANHA

Filmes e séries de super-heróis nunca estiveram tão na moda. E, um mercado que antes só atraía ou dava preferência a atores relativamente desconhecidos para atuar basicamente em um fundo de Chromakey, hoje chama atenção até dos “medalhões” de Hollywood.

O primeiro foi o vovô Al Pacino, que já tinha dado a bunda para o filme dos Guardiões da Galáxia, dizendo que levou a netarada catarrenta pra assistir sem expectativa nenhuma e acabou achando um dos filmes mais divertidos dos últimos tempo. Já ná época, o ator se arreganhou todo dizendo que adoraria participar de uma parada dessas. E, recentemente, ao participar de um podcast aleatório lá na gringa, o ator disse:

Eu me encontrei com o cara da Marvel e fiquei feliz com o jeito que as coisas se encaminharam… Acho que ele imagina que há algo pra mim lá e que se eu sentir a mesma coisa certamente teremos algo acontecendo em breve…

al-pacino-411126 (1)

Resta saber que papel de herói dariam prum véio de pinto murcho… talvez o pai do Starlord ou algo assim… bom, se conseguiram uma posição heróica até para o MICHAEL DOUGLAS, não deve ser tão difícil encaixar (ui!) o Pacino, afinal ele é bem mais badass módafóca.

Já a estrela de Divergente, Shailene Woodley (que tinha uma cena como Marijuana no Amazing Spiderman 2 mas cortaram na caruda), foi só elogios aos filmes da Marvel e também à franquia dos mutunas na Fox. Hmmmm, significa?

1394189256283.cached

E, em uma entrevista coletiva de O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos em que Lee Pace (Ronan o Acusador) e Evangeline Lily (Janet Van Dyne) falavam sobre como se divertiram fazendo filmes da Marvel, Orlando Bloom (o Legolas), entrou de papagaio de pirata na conversa e quando inquirido se toparia interpretar um super-herói nas telonas e disse animado “Nunca diria não pra algo assim!” também todo arreganhadinho.

Orlando-Bloom-pic

Já foi a época que papel de super-herói era coisa de ator de segunda linha hein? Bando de oferecidos!